Notícias

Home > Notícias

Os benefícios da atividade física para os ossos e músculos

 

É de conhecimento geral os benefícios da atividade física para a saúde física e mental. Além de eliminar as gorduras ruins presentes no corpo, prevenir acidentes cardiovasculares, combater transtornos mentais como a ansiedade e depressão, a atividade física regular pode fortalecer (e muito) os ossos e músculos.

Há diferentes opções de atividades esportivas e, independentemente da idade, sexo ou capacidade física, sempre é possível encontrar uma modalidade que se encaixe a rotina e ao perfil de cada paciente. 

Lembrando que é sempre válido a avaliação de um ortopedista se precisar de orientações antes de iniciar algum esporte ou em caso de dor ou desconforto durante a prática esportiva.

 

Benefícios da atividade física para os ossos e músculos

 

Assim como os músculos, os ossos são um tecido vivo que responde ao exercício tornando-se mais forte. Mulheres e homens jovens que se exercitam regularmente geralmente atingem maior pico de massa óssea (densidade óssea máxima) do que aqueles que não o fazem. O pico de massa óssea ocorre durante a terceira década de vida e, após esse tempo, começamos a perder massa óssea gradualmente. Mas podemos reduzir essa perda óssea com a prática de exercícios regulares. Além disso, os exercícios ajudam a manter a força muscular, melhorar a coordenação motora e o equilíbrio, o que, por sua vez, ajuda a prevenir quedas e fraturas relacionadas. Isso é especialmente importante para adultos mais velhos e pessoas que foram diagnosticadas com osteoporose.

Da mesma forma que os ossos, há uma perda de massa muscular após a terceira década de vida, acompanhada de uma perda de flexibilidade dos músculos e tendões, aumentando a chance de dores crônicas, lesões musculares e tendinites. Então, a prática regular de atividades físicas, além de deixar os ossos mais fortes e resistentes, ajuda a manter a musculatura forte e flexível, mantendo músculos e articulações saudáveis, melhorando a flexibilidade, o equilíbrio, a postura e o tônus muscular.

 

Quais os exercícios mais indicados para manter a saúde dos ossos e músculos?

 

A escolha da atividade física é algo que deve ser individualizado levando em conta diferentes fatores como nível de aptidão física, idade e preferências do paciente. O ortopedista ou o educador físico auxilia muito nessa decisão. Via de regra os exercícios mais recomendados são exercícios de fortalecimento muscular, exercícios de alongamento e atividades aeróbicas de baixo impacto.  Os exercícios de fortalecimento mais comumente indicados são a musculação, o pilates e exercícios funcionais. Atividades aeróbicas de baixo impacto como caminhadas, subir escadas, andar de bicicleta, hidroginástica e natação também são usualmente indicadas. Os alongamentos podem ser realizados em atividades físicas específicas como a ioga ou antes de iniciar outras atividades físicas, ajudando o corpo a se preparar para o exercício e prevenindo o aparecimento de dores tardias.

 

Quantas vezes por semana devemos nos exercitar?

 

Novamente, não há uma regra igual para todo mundo, mas recomenda-se a prática de 30 minutos de atividades físicas diárias por pelo menos 4 a 5 vezes na semana para obter os maiores benefícios.

Agora que você sabe que atividade física é mais do que apenas emagrecer, comece a praticar hoje mesmo!

Ficou com dúvidas?

Agende já a sua consulta em nosso site, telefone ou WhatsApp!


Agende sua consulta

Referência em Ortopedia, Traumatologia e Reabilitação trabalhamos com foco na excelência e humanização.

Olá!

Gostaria de falar conosco no WhatsApp?

Gostaria de agendar e receber uma chamada em outro horário?
Deixe sua mensagem! Entraremos em contato o mais rápido possível.